‘O Rei Leão’ vai ganhar sequência feita pelo diretor de ‘Moonlight’

O live-action de O Rei Leão, que somou, em 2019, 1,6 bilhão de dólares em bilheteria, ganhará uma sequência dirigida pelo oscarizado Barry Jenkins, aclamado com a estatueta de roteiro por Moonlight: Sob a Luz do Luar, em 2017. Segundo o Deadline, o filme seguirá a mesma estética realista e vai explorar a mitologia dos personagens através de memórias, incluindo as origens de Mufasa — o pai de Simba, que morre logo no começo do longa original, em uma das cenas mais emocionantes da Disney. O site ainda informou que, ao contrário da animação original, que usa o clássico shakespeariano Hamlet como inspiração, o novo roteiro beberá de uma fonte mais recente, e um tanto inusitada: O Poderoso Chefão 2.

Famoso por filmes que abordam temáticas sociais, como o racismo e a homofobia, Jenkings tem uma conexão antiga com a história de O Rei Leão, e mostrou-se animado com o projeto. “Por ajudar a minha irmã a criar dois meninos durante os anos 90, eu cresci com esses personagens, e ter a oportunidade de trabalhar com a Disney para expandir essa história extraordinária de amizade, amor e legado, enquanto promovo meu trabalho de narrar a vida e a alma da diáspora africana, é um sonho”, contou em entrevista ao Deadline.

Frente à incerteza da pandemia de coronavírus, ainda não há uma data de início da produção nem de lançamento. Mas Jeff Nathanson, roteirista do live-action de 2019, que também assinará o roteiro do novo longa, já tem uma primeira versão finalizada. Também não se sabe se Beyoncé, Donald Glover, Chiwetel Ejiofor ou os demais atores que deram voz aos personagens recentemente reviverão o papel.