“Onde Gugu estiver, quero que tenha orgulho de mim”, diz Ticiane Pinheiro

<span class=”hidden”>–</span>Reprodução/Instagram

A última imagem de Gugu Liberato na TV foi no histórico estúdio da Vera Cruz, no ABC paulista, à frente do Canta Comigo — show de calouros da Record com 100 jurados. Quase um ano após a morte do amigo, Ticiane Pinheiro foi para lá com a missão de ser, bem, meio Gugu. “Onde Gugu estiver, quero que tenha orgulho de mim”, diz. O envolvimento com a música deu ideias para Tici animar sua quarentena. Inspirada pelo programa, ela anuncia que voltará às aulas de canto e violão: “Piano eu já sei tocar. E sempre cantei no chuveiro, sou bem afinada”.

Publicado em VEJA de 7 de outubro de 2020, edição nº 2707