Roqueiros do Idles dão aula de fúria e rebeldia em novo disco

DISCO – Ultra mono, de Idles (disponível nas plataformas de streaming) –//Divulgação

Guitarras distorcidas e muita estridência caracterizam o som do Idles. Prova de que o rock está vivo (e chutando), a banda inglesa carrega em suas composições a rebeldia dos Sex Pistols e a fúria do Fugazi, influente banda americana dos anos 90. O grupo condena as desigualdades sociais e o sexismo, ao mesmo tempo que expõe seus dramas pessoais, como a dependência química e a depressão. A ótima War critica a violência. Carcinogenic prega a necessidade de viver o presente.

 

 

 

Continua após a publicidade