Pocah revela assédio e confessa arrependimento com músicas

Pocah

Pocah
Pocah revelou que se arrepende de ter cantado músicas que incitavam o ódio entre mulheres (Imagem: Reprodução / Instagram)

Apesar de ter se aventurado em um novo ritmo para seu single recém-lançado Toda Sua, Pocah continua usando suas músicas para exaltar a liberdade feminina. No entanto, mesmo mostrando tanto poder nos trabalhos que faz, a funkeira admitiu que também tem seus momentos de fragilidade.

Sou uma mulher forte, mas não é todo dia que sou mulher do poder. Já cheguei a pensar em desistir de tudo, sou frágil também“, disse a artista em conversa com a revista Marie Claire.

No bate-papo, a cantora ainda contou que foi vítima de assédio algumas ocasiões: “Vivi algumas situações de assédio, até no palco. Uma vez, um homem faltou com respeito comigo, e por ele ser alguém importante no evento, se achou no direito de falar asneiras pra mim“.

Eu sei que não sou o que ele falou que eu era, mas isso machuca, é horrível uma mulher ser humilhada e assediada enquanto faz seu trabalho“, desabafou a artista.

Apesar dos momentos difíceis, Pocah conseguiu dar a volta por cima. Prova disso foi a mudança que ela conseguiu dar em âmbitos de sua vida: “Me vejo em constante evolução pessoal e profissional e isso inclui as mudanças de discurso no funk. No início da minha carreira fazia o que me mandavam fazer, mas me arrependo de cantar músicas que incitavam o ódio entre as mulheres“.

O post Pocah revela assédio e confessa arrependimento com músicas apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.