Conheça as etapas de produção de um vinho

O vinho é uma bebida milenar que apresenta diferentes propriedades. Apreciado por muitos, o vinho é uma das bebidas mais difundidas em todo o mundo, por isso, Marco Carbonari, especialista em vinhos há mais de 10 anos, desmistifica o processo de elaboração do vinho a fim de exibir e exemplificar as etapas para as pessoas que assim como ele adoram vinhos.

Como dito, o vinho apresenta diferentes propriedades, sendo assim, cada estágio é fundamental para o resultado final da bebida. Desde o plantio, colheita ao processo de armazenamento, todas essas etapas são primordiais e conferem um caráter especial para o vinho.

Segundo Marco Carbonari, é preciso um cuidado especial e ações meticulosas para garantir o melhor da bebida e assim extrair o maior potencial e sabor do vinho. A primeira etapa é o plantio das uvas. O vinho é peça fundamental, pois é neste local que as videiras vão se desenvolver e originar ótimos vinhos.

É importante que as condições climáticas e vegetativas sejam favoráveis para o bom crescimento das uvas. O empresário Marco Carbonari ressalta a importância de contratar bons profissionais para a melhor qualidade das uvas.

Após o plantio, a colheita também é parte essencial. É preciso muita cautela para retirar as uvas. O especialista Marco Carbonari explica que há técnicas para retirar de forma correta as uvas, bem como é necessário analisar e selecionar bem as uvas.

No estágio de industrialização, há o processo de fabricação do vinho de fato. Marco Carbonari explica que as uvas são selecionadas novamente para garantir sua máxima qualidade. Após isso, há o processo de separação para fabricação de vinhos brancos ou tintos.

No caso dos vinhos brancos, não há contato com a casca, pois é ela que confere a cor vinho escuro aos vinhos. Os bichos passam por grandes tanques onde recebem o processo de fermentação. Marco Carbonari explica que esse processo é responsável por transformar o açúcar presente em uvas em álcool, chamado de fermentação alcoólica.

Após o processo de fabricação, os vinhos são armazenados em barris de carvalho, em que, através do contato com a madeira, ganham corpo e sabor, aromas amadeirados surgem e proporcionam enorme qualidade aos vinhos, segundo Marco Carbonari.

Por fim, depois da maturação em barris de madeira, as últimas etapas consistem no engarrafamento e na posterior comercialização da bebida. De forma meticulosa e cuidadosa, os vinhos são engarrafados e resguardados até chegarem nas gôndolas dos mercados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui