Atacado por bolsonarista, Bruno Gagliasso defende Lei Rouanet e critica governo

Bruno Gagliasso

Bruno Gagliasso

Bruno Gagliasso
Bruno Gagliasso é atacado por eleitor de Jair Bolsonaro no Twitter e responde citando a Lei Rouanet (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Bruno Gagliasso foi alvo de um eleitor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Twitter, que envolveu a Lei Rouanet em sua acusação sem provas sobre a “mamata” que supostamente o ator deixou por causa das novas diretrizes da lei no atual governo.

“Bolsonaro 2022, se quiser meus documentos eu envio para te provar que eu não sou robô, a lei Rouanet tá fazendo falta é? Sem escrúpulos”, detonou o bolsonarista. Bruno devolveu: “Tá sim. Muita. Não para os artistas que, como eu, não vivem dela. Mas para milhares de famílias que vivem da indústria da cultura”.

Bruno Gagliasso lembrou que a lei se tornou uma ferramenta de garantia de salário durante os trabalhos culturais pelo país, e pela segunda vez ressaltou sua falta para famílias do setor em meio ao clima de desinteresse do governo sobre o assunto:

“A Lei Rouanet faz falta para câmeras, roteiristas, editores, assistentes de arte, produtores, divulgadores, contra-regras, eu podia passar o dia inteiro aqui escrevendo para quem a ‘mamata’ acaba quando se estrangula um setor da economia”.

Uma internauta entrou na discussão e concordou com o ator. “A Lei Rouanet é fazedora de emprego. Mas quem não estuda, não entende”, cutucou. “Em um governo onde não se pronuncia a palavra emprego, as pessoas esquecem que existe”, completou Gagliasso.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].

O post Atacado por bolsonarista, Bruno Gagliasso defende Lei Rouanet e critica governo apareceu primeiro em RD1.