Autor de Milla toma atitude contra deputada após vídeo em ato pró-Bolsonaro

Milla
Manno Góes tomou atitude contra deputado que filmou Netinho cantando sua música em protesto (Imagem: Reprodução – Instagram/ Montagem – RD1)

O compositor do sucesso Milla, Manno Góes, decidiu tomar atitude contra a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). Isso porque a bolsonarista foi a responsável por filmar Netinho cantando o hit no ato pró-Bolsonaro na Av. Paulista, em São Paulo, no último sábado (1).

O autor garantiu que não autoriza o uso da canção e, por isso, notificou a deputada para tirar o vídeo do YouTube. A manifestação, cabe lembrar, teve aglomeração e pedido de intervenção militar.

Em cima de um trio, diante do público com faixas como “Nós te autorizamos, presidente”, Netinho soltou o refrão da música que ficou famosa na década de 1990 na sua voz: “Ô Mila, mil e uma noites de amor com você / Na praia, no barco, no farol apagado…”

No Twitter, Manno Góes desabafou: “Netinho ontem cantou Milla no ato em que pessoas brancas, na Paulista, gritavam ‘eu autorizo’, para Bolsonaro. Autorizam o quê? Golpe militar? Portanto, eu não autorizo esse débil mental de cantar minha música. Já entrei na justiça e retirarei todos os vídeos que tiverem isso”.

Já no domingo (2), ele enviou uma notificação extrajudicial para que Carla Zambelli tire o vídeo do ar, conforme informação do G1. A notificação foi destinada a Zambelli, e não o cantor baiano, pois foi a deputada quem filmou e publicou o vídeo no canal oficial dela.

Em 2019, os ex-parceiros musicais já haviam se desentendido por motivos políticos. “A Milla da música não tem nada a ver com o personagem constrangedor que Netinho virou, que nunca mais vai gravar Milla ou Pra te Ter Aqui ou qualquer coisa que eu compuser. Você não merece Milla, bicha burra”, afirmou Góes em seu Facebook, na época.

Recentemente, Netinho anunciou que iria se afastar dos perfis oficiais das redes sociais pelo “bem de sua sanidade mental”. Segundo ele, só retornaria “quando souber que foi tomada alguma atitude concreta contra o STF, como, por exemplo, o impeachment de seus ministros ou o fechamento do mesmo”.

“Sou apoiador de Jair Bolsonaro e seguirei sendo enquanto ele defender tudo aquilo que acredito ser necessário para o povo brasileiro e para o Brasil, ele sabe disso. Como já postei aqui inúmeras vezes, sugiro a todos de bem que se desliguem completamente da velha mídia/imprensa para o bem da sua saúde e pelo bem do Brasil“, disse.

AvatarDa Redação

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

O post Autor de Milla toma atitude contra deputada após vídeo em ato pró-Bolsonaro apareceu primeiro em RD1.