Cantora do Mulekada surge irreconhecível trabalhando como policial

Mulekada

Mulekada

Mulekada
Crianças do Mulekada cresceram (Imagem: Reprodução / YouTube)

Famosa entre o final dos anos 90 e início dos anos 2000, por conta do sucesso do grupo Mulekada, ao lado de Julyana Lee e Jacarezinho Ramos, Tatiana Ruiz hoje leva a vida como policial.

O trio estourou inspirado no sucesso do É o Tchan e Tati era como a morena Scheila Carvalho, com apenas 6 anos, e chegou a se apresentar na África com os colegas. Agora, porém, ela está em outra.

“Me formei em Direito e sempre gostei dessa questão do direito penal e dessa área policial. Gosto da profissão pelo fato de poder ajudar outras pessoas”, revelou, em entrevista à Quem.

“A gente encontra pessoas em momentos vulneráveis, que acabaram de ser vítimas de algum crime, e poder ajudá-las de alguma forma é muito gratificante”, disse ela, que está com 26 anos.

“Faz quatro anos que trabalho como policial militar. Já tive alguns momentos de adrenalina. É uma profissão que não tem rotina, a gente pode ser surpreendido a qualquer momento. Mas na hora, a gente nem pensa muito e vai com instituto de ajudar as pessoas. Gosto bastante”, explicou.

A ex-celebridade mirim também está com uma filha, Alice, de 2 anos, e conta com 36 mil seguidores no Instagram. Sobre a vida artística, revelou:

“O ‘Mulekada’ terminou quando eu tinha 11 anos e fiquei em São Paulo por um tempo tentando outros meios. Fiz artes cênicas e várias peças de teatro, minisséries… Mas daí tive um problema familiar, a minha mãe ficou muito doente na época. Como era só eu e a minha mãe em São Paulo, ela achou melhor a gente voltar para Curitiba. Essa volta foi traumática e decidi não mexer mais com o meio artístico por um bom tempo. Mas estou sempre aberta a novas possibilidades e projetos. Estou trabalhando como produtora de conteúdo e digital influencer. Tenho muita vontade de trabalhar e estou me esforçando para isso. Recebo muito carinho. Estou aberta a um milhão de possibilidades.”

“Tenho muita gratidão por tudo que vivi no ‘Mulekada’ com Julyana e Kleber. Mantenho contato com eles até hoje! Foi uma fase muito bacana, em que vivi momentos especais”, prosseguiu

“Essa rotina de fazer shows e programas de TV nunca pesou para mim. Era muito novinha, mas sempre fiz tudo com muito amor e carinho. Às vezes, me perguntam se eu acho que foi prejudicial ter trabalhado tão novinha. Acho que não”, explicou.

“Porque foi uma época em que vivemos muito momentos especiais. A troca de carinho com o público era de tanto amor. Essa época também fez com que eu crescesse e me transformasse em quem sou hoje. Então, o sentimento maior é de gratidão por ter feito parte do grupo”, completou.

Quanto ao assédio, ela revelou: “Todo mundo viu o Mulekada como três crianças se divertindo. Nunca foi visto como pejorativo ou sensual demais. Sempre foi visto com muita inocência e alegria”.

Já com relação à vida financeira, ponderou: “A gente ganhou dinheiro com o Mulekada, mas não é aquela coisa de ‘nossa, sou milionária’. Isso não aconteceu. Me trouxe alguma estabilidade na época e a oportunidade de investir em estudos e cursos de capacitação”.

“O Mulekada, volte e meia, me traz uma graninha. Nada que me faça milionária ao ponto de comprar uma mansão de quatro milhões de reais. Hoje, eu proporciono uma vida boa para mim e para a minha filha com o dinheiro do meu esforço do dia a dia, não com o da Mulekada”, relatou.

Por fim, sobre uma possível carreira artística da filha, afirmou que apoiaria, mas não tomaria a decisão por ela:

“Ela é muito nova, mas já mostra talento. O pessoal que vê os vídeos que eu posto dela sempre comenta. Ela é muito carismática, dança e adora fazer charme para foto e vídeo. Ela já escolhe as roupas dela. Ela tem muito jeito para o meio artístico. Apoiaria, sim. Não falaria, ‘siga esse caminho’”.

Meses atrás, ela e Julyana fizeram uma live no TikTok e mataram a saudade dos fãs. Julyana, a loira, hoje é bacharel em Administração, recém-formada, e ainda trabalha como cantora e digital influencer.

Kleber Ramos, o Jacarezinho, seguiu os rumos na atuação, tendo cursado na Faculdade Paulista de Artes. Ele chegou a fazer uma participação especial na novela Sangue Bom, da Globo, em 2013.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Quem lembra delas? As duas estão amigas até hoje e estão até preparando uma live para os próximos dias ?

Uma publicação compartilhada por TikTok dos Famosos (@tiktokdosartistas) em 24 de Jun, 2020 às 6:05 PDT

AvatarDa Redação

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

O post Cantora do Mulekada surge irreconhecível trabalhando como policial apareceu primeiro em RD1.