Influencer Diva do Brás é ameaçada e perseguida no Instagram

Após inúmeras ameaças e perseguições, a blogueira Leandra, de 30 anos, conhecida na internet como Diva do Brás (@diva_do_bras_oficial), recorre à justiça para impedir maiores transtornos. O perseguidor, Antonio, de alcunha pirata do Brás, vem promovendo linchamento virtual e desmoralizando a blogueira. 

A blogueira, que reúne mais de 230 mil seguidores no Instagram, realiza diariamente postagens de lojas, ajudando varejistas a divulgar seus produtos e seus seguidores a acharem boas roupas com preços bons. Contudo, em uma situação adversa e atípica, a blogueira, assim como inúmeras outras influencers, divulgou uma marca que não atuou de forma fidedigna aos seus clientes. Desse modo, foi o estopim para o pirata traçar sua perseguição maquiavélica à blogueira.

O perseguidor utiliza de ferramentas desmoralizantes e perversas para atingir seus objetivos, acusando Leandra e promovendo o descrédito de sua imagem. A blogueira, que nada tem a ver com a loja, teme maiores represálias vindas do Pirata. Desse modo, as autoridades foram acionadas, assim como uma equipe jurídica para auxiliar a influencer.

Os indícios para tamanha perseguição é que o “pirata” deseja manchar a imagem de Leandra e assim inibir seu sucesso para que sua filha, uma jovem blogueira, se sobressaia na rede. 

O perseguidor chegou a invadir a Igreja que a blogueira Diva do Brás frequenta e também foi à sua loja. Além disso, em um dos fatos mais absurdos de toda a perseguição, o “pirata” foi até o bairro da influencer mostrando sua foto e perguntando aos seus vizinhos o local de sua residência.

Todos esses percalços deixaram Leandra acuada e temendo maiores retaliações, desse modo, a blogueira não enxergou outra alternativa a não ser contar com o auxílio jurídico. A blogueira teve sua integridade ameaçada, sua imagem descredibilizada e anseia por justiça.

Vale ressaltar que promover o linchamento virtual, assim como disseminar conteúdos caluniosos são considerados crimes previstos em Lei. Desse modo, é importante fomentar o debate da responsabilidade do que se posta e compartilha nas redes. Além disso, em relação ao stalking realizado por Antonio, nesse caso, a perseguição saiu do meio digital e foi para o físico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui